Atenção!

"(...) apesar de ter mergulhado de cabeça nesse misterioso mundo das lesões neurológicas e suas possíveis consequências, não sou médica. Tudo o que coloco aqui são impressões e experiências pessoais. (...) Enfim, não sou uma profissional da saúde, apenas uma mãe muito, muito, muito esforçada em início de carreira".



sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Balança, mas não cai

Filho, quem nos acompanha aqui sabe o quanto somos fãs de balançar e, consequentemente, de balanços em geral. Balangar - como apelidamos carinhosamente - já foi essencial num período da sua vida em que era muito difícil fazer sessões de fisioterapia. Graças a tia Eliane - ei, tia Eliane! um beijo - e sua plataforma suspensa, conseguimos muitos ganhos naquela época. Mesmo período aliás do balanço de patinho que a tia Tina! nos emprestou e que postamos muitos vídeos aqui.

Depois que conhecemos a tia Suzane, sua T.O., também vimos e ouvimos o quanto um balançar pode ajudar a colocar o seu mundo no eixo. Ela usou muito - e usa até hoje - diversos tipos de balanço quando quer te dar uma ajustada.

Daí, muito natural que a gente em casa e na rua também pratique bastante o esporte. Adoramos um parquinho com aqueles balanços mais inclinados, ou mais fechados; nunca dispensamos uma rede; compramos um balanço pra colocar em casa; e vivemos te sacodindo por aí.

Pois bem, o que acontece quando estamos fazendo compras fora do Brasil e vemos algo que possa ser bacana nesse sentido?! $$$$$ direto pra mala. Não importa o tamanho da geringonça.

Tá aí, meu amor, nossa mais nova aquisição do universo balangador. Valeu ou não valeu à pena?!

video
beijoca da mamãe.

ps: Enquanto isso, na Marinocolândia...
A metida já fica em pé com uma mão!

e não sai da cola do irmão. Impressionante.

2 comentários:

  1. Que delícia...queria um desses para a Helena...balançar é tudo de bom e eles adoram! Marinoca linda, linda daqui um mês tá andando...Antônio tem sorte, amor de irmã com irmão é grande demais, que digam os meus...

    bjim

    ResponderExcluir
  2. Que balanço legal Antonio! E a sua irmã heim? A gorduchinha tá impossível não é? Se prepara pq ela ainda vai te perturbar muito. Mas dá pra ver que ela te adora por isso não sai do seu pé. Já, já tá andando e vai deixar todo mundo de cabelo em pé.
    É engraçado, as vezes ela me lembra a sua mãe pq embora seja muito rápida (um perigo), antes de fazer as coisas pela primeira vez sempre dá uma estudada no terreno, experimenta de um jeito de outro e só depois vai à luta. Bj crianças do meu coração.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós!